APOSENTADORIA: como fica a situação das professoras e professores?

Se a Reforma da Previdência do governo Temer for aprovada, ela vai acabar com a aposentadoria de milhões de brasileiros. É um projeto tão injusto que muitos iriam morrer antes de conseguir se aposentar.

A carreira do magistério tem hoje um Regime Especial de Previdência, debatido e aprovado pelo Congresso e transformado em

Lei, devido às duras condições de trabalho.

A reforma  contida  na PEC 287 quer acabar com esses benefícios, penalizando toda a categoria e tornando a carreira de professor ainda mais difícil. Confira os principais pontos da reforma, para os professores da Educação Básica.

 

 

Como é hoje / Como iria ficar

Idade mínima para aposentar – professores de Educação Básica
55 anos – mulheres

60 anos – homens

 

65 anos para todos.
Idade mínima por tempo de contribuição
50 anos – mulheres

55 anos – homens

Não será mais considerada.
Tempo de contribuição
25 anos – mulheres

30 anos – homens

A aposentadoria integral só será concedida após 49 anos de contribuição.
Idade compulsória de aposentadoria
70 anos 75 anos

 

Professores de ensino superior e instituições privadas, que obedecem ao RGPS (Regime Geral de Previdência Social), sofrerão as mesmas mudanças das demais categorias do setor privado.

Fonte: Dieese

 

 

 

*Este é um resumo das principais alterações propostas pela PEC 287, que

institui a Reforma da Previdência. Para mais detalhes e casos especiais,

procure o seu sindicato ou consulte a íntegra do texto oficial, comentada

pelo Dieese.

http://www.dieese.org.br/notatecnica/2017/notaTec168Pec.pdf